Diversidade no trabalho

Você já se questionou se a sua empresa oferece um clima diversificado para os colaboradores? Embora muitas vezes não nos atentamos a isso, atualmente esse assunto vem ganhando bastante destaque e precisa ser explorado cada vez mais, entretanto, ele ainda gera diversas dúvidas sobre qual é o seu significado, como pode ser implementado nas empresas, seus benefícios e principais empecilhos no mundo corporativo.

Por ser um tema extremamente importante e necessário, vamos desmistificar o que é a diversidade no ambiente de trabalho.

Continue reading

Como ser um bom gestor para seu estagiário

O gestor é o contato mais direto entre a sua equipe e a empresa, isso acarreta em grandes responsabilidades, afinal, ele é o principal responsável pelo desenvolvimento de seus funcionários, bem como a integração deles dentro da organização como um todo. Muitas vezes, por exemplo, são os gestores que fazem a própria seleção de seus funcionários, sejam eles analistas, auxiliares ou até mesmo estagiários.

Continue reading

6 dicas para aproveitar melhor seu estágio

Não é de hoje que enfatizamos que o estágio compõe o processo educativo de jovens e adultos, no qual é possível colocar em prática os ensinamentos teóricos adquiridos dentro da sala de aula. Ainda assim, é muito comum nos questionarmos se realmente sabemos aproveitar essa oportunidade.

Para acabar de vez com essa dúvida, vamos apresentar algumas dicas para você explorar ao máximo toda sua experiência durante o período de estágio.
Continue reading

Postura e comportamento profissional: como se adequar ao ambiente de trabalho

Experiências novas carregam consigo um conjunto de adrenalina, desconfiança e muita insegurança. É absolutamente normal surgirem dúvidas em relação à postura, vestimenta e até mesmo linguajar, isso porque são diversas novidades e informações para serem absorvidas ao mesmo tempo.

Para auxiliá-los nessas questões, selecionamos algumas dicas para vocês.

Continue reading

Clima de satisfação: essencial para o desempenho de um estagiário

Frederick Herzberg diz que “a verdadeira motivação vem de realização, desenvolvimento pessoal, satisfação no trabalho e reconhecimento”. São ingredientes essenciais para o bom desempenho dos colaboradores na empresa. E como já é de seu conhecimento, a contratação hoje de inúmeros estagiários é uma flagrante realidade nas empresas, sobretudo nas startups. Outra realidade, é que boa parte deles é composta por um público jovem, cheio de vitalidade, de disposição para aprender, ganhar experiência e crescer profissionalmente.

Continue reading

Estágio como aliado na demanda por capacitação

Uma das tarefas mais intrincadas para uma empresa é capacitar os seus funcionários. À medida que as descobertas tecnológicas avançam, avançam também as mudanças no mercado de trabalho. O resultado disso é que demanda por gente qualificada aumenta consideravelmente. Não é à toa que em uma pesquisa de 2014 constatou-se que 85% dos participantes de um fórum sobre alimentação afirmaram que as empresas em que trabalham oferecem treinamento com vistas à capacitação.

Vantagens de um profissional capacitado

Um profissional verdadeiramente qualificado e capacitado oferece à empresa não só trabalho de excelência como um certo conforto. É possível confiar a ele tarefas e responsabilidades sem correr o risco de que o produto ou resultado final seja diferente daquilo que representa o branding da empresa.

Como resolver a questão?

No entanto, embora fale-se muito em capacitação, o assunto nem sempre é claro para os envolvidos na hora da escolha do profissional. O RH não pode contratar, indefinidamente, um funcionário especializado em determinado assunto sempre que houver demanda. Naturalmente, a empresa tem um limite para as suas contratações. Em todo caso, uma das formas de se solucionar o problema é capacitando pessoas que já façam parte dos quadros da instituição para que possam desenvolver outras tarefas, tornando-as aptas para novos desafios.

Estagiários como parte da solução

Outra forma bastante viável para solucionar a questão dá-se com a contratação de estagiários. E por quê? Por uma questão muito simples: é possível contratar estagiários que tragam consigo conhecimentos atualizados e específicos para aquele determinado setor. Mesmo que inexperiente e em fase ainda de learning, o estagiário tem a vantagem de não onerar a folha de pagamento da empresa quando comparado a um profissional sênior. Outra vantagem é que, frequentemente, traz consigo novas ideias, informações e aprendizado. Além de estar motivado e empenhado em ingressar com o pé direito no mercado de trabalho.

Turnover

Outra vantagem na contratação de um estagiário se dá quando a empresa tem necessidade de preencher vagas temporárias, ou seja, para trabalhos necessários apenas por um período de tempo predeterminado. Embora o estágio não possa, por lei, ultrapassar dois anos, nada impede que a empresa, satisfeita com o desempenho do estagiário, o contrate pelo regime da CLT.

Lei que dispõe sobre estágios

A lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, dispõe sobre o estágio de estudantes. Em seu primeiro artigo, afirma que “o estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos” (Cf.: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm).